Os segredos de um superpromotor PDF Imprimir E-mail
Sáb, 08 de Março de 2014 12:58

Eu estava no aeroporto de Cuiabá à espera do vôo e, quando a fome apertou, fui até a praça de alimentação. Enquanto passava pelos fast-foods à procura de um salgado para tapear a fome, fui abordado pela promotora de uma lanchonete que me deu uma verdadeira aula de vendas, na qual descobri os 5 segredos para alguém tornar-se um superpromotor:

 

1. "Cara-de-pau"

 

Após eu ter passado em frente de quatro pontos de vendas, ela foi a única a me abordar.

 

2. Sorriso contagiante

 

É fundamental demonstrar simpatia e boa vontade. Atualmente, esses são os grandes diferenciais que podem desequilibrar o jogo e detonar a concorrência. Pedir uma ajuda ou uma informação deve parecer o encontro com um velho amigo. O fato de ser bem tra­tado contribui e muito para as vendas.

 

3. Boa aparência

 

Não se trata de estar produzida como uma modelo que irá a um casamento, mas de transmitir uma ima­gem profissional, credibilidade e bem-estar. Além do mais, é a imagem da empresa que está em jogo.

 

4. Conhecimento do produto

 

Quando fui abordado, perguntei o que tinha para co­mer e ela me apresentou, de forma rápida e objetiva, todas as opções do menu, inclusive descrevendo alguns detalhes e oferecendo a sugestão da casa. Deu um show de apresentação.

 

5. Paixão

 

Quando já estava de saída, dei os parabéns a ela pelo ótimo atendimento e pela venda que tinha feito. Aproveitei a oportunidade e perguntei: "Qual quesito você acha ser o mais importante para alguém ser uma boa promotora?"

 

Ela disse: "Gostar do que faz, pois eu não penso em outra coisa. Eu adoro o meu trabalho."

 

Para você promotor(a) ou você que é responsável por uma equipe e está lendo este artigo na VendaMais, aqui vai o meu conselho:

 

"Se você não for ou não tiver pessoas com 'cara-de-pau', sorridentes, especialistas no que vendem, de boa aparência e apaixo­nadas, mude agora ou estará desperdiçando tempo e dinheiro. O dinheiro você até pode recuperar, se tiver sorte, mas o tempo perdido, esse nunca mais voltará, e quem agradece é a concorrência."

A empresa não tinha a melhor fachada, nem o mais atrativo e saboroso salgado, nem o menor preço, mas me tornei cliente, pois ela tinha a "melhor pro­motora". Boas vendas e sucesso.

 

Fonte: VENDA MAIS – Agosto/2007 – Pág. 15.