As habilidades, competências e resultados do verdadeiro gerente de vendas PDF Imprimir E-mail
Ter, 29 de Março de 2016 19:42

Muito bem, você recebeu a notícia que será promovido a gerente de vendas. Isso significa que você possui habilidades e competências de líder, que certamente nasceu no campo, vendendo todos os dias e que, pelo jeito, foi muito bem.

 

Digo isso porque não adianta somente ter o perfil gerencial em vendas, é preciso ter sido um grande vendedor, um autêntico vendedor Pit Bull. O que você acha que um vendedor espera da sua atuação?           


Bem, são tantas coisas que iríamos até o final da revista.        

 

Entretanto tem uma coisa que me chama muito a atenção, porque são as coisas óbvias que deixamos de lado ou não damos a devida importância. Nunca esqueça do seguinte: os vende­dores passam muito tempo solitários, em busca de clientes e pedidos, muita vezes, dialogando com pessoas que não orientam, mas pedem de tudo um pouco. E para quem eles pedem? Com quem eles falam, ou melhor, quem é que está disposto a escutá-los? A resposta é você!

 

Exclusividade

 

Muitas vezes, os vendedores que­rem apenas ser ouvidos, coisa que não conseguem no cotidiano pessoal e, muito menos, na vida profissio­nal. Em certas ocasiões, o suficiente é ouvir (com atenção e presença de espírito). Basta estar presente verdadeiramente, demonstrando exclusividade a quem precisa de atenção. É crucial que os gestores reflitam e saiam do casulo do medo e da insegurança a res­peito do assunto e alcem voo para novas investidas que motivam e criam qualidade de vida.

 

Nada é como um vendedor que consegue resolver as suas questões particulares e encontra acesso para seguir adiante com a verdadeira sensação de que aquela dificuldade foi superada ou pelo menos rece­beu uma orientação objetiva de como superá-la.

 

Modelo

 

Com franqueza, alguns gerentes devem se aperfeiçoar a respeito de seu modelo de liderar uma força de vendas. Às vezes, é preciso começar do zero e se desfazer da bagagem extra adquirida ao longo do tempo. Bagagem extra é fundamentalmente estimar um peso que você não tem.

 

Os novos gerentes de vendas precisam entender que a lideran­ça em vendas também é fruto de aprendizado e muita convivência com toda a equipe, tratando vende­dor a vendedor, ou seja, cada um com um estilo de gestão, quase que personalizado.

 

Resultados

 

O reconhecimento e a humildade serão o primeiro passo dessa jornada de transfor­mações essenciais; sem isso, pode engavetar o projeto "Gestão da Força de Vendas" e continuar com o faz-de-conta que sou um líder e tanto. Os resultados podem simplesmente não aparecer conforme o tipo de relacionamento existente na matriz líder-seguidor ou líder-liderados.

 

Enfim, ela pode despontar e manter-se em plena evolução quando a vontade de ser competente no papel de líder está presente. O gestor deve se motivar
e estimular os colaboradores a fazerem o mesmo também.

 

Fonte: VENDA MAIS – Novembro/2010 – Pág. 27.

Última atualização em Ter, 29 de Março de 2016 19:53